Cãibras Na Gravidez? Saiba Como Evitar!

cãibra na gravidez

Com as mudanças do corpo durante a gestação, é comum que algumas mamães sintam cãibras na gravidez. Este incômodo acontece geralmente nos meses finais que antecedem o parto.

A dor vem de repente e na maioria das vezes se manifesta na panturrilha. Há casos de mulheres que são surpreendidas na madrugada levando um grande susto.

No entanto, especialistas alertam que a cãibra não representa prejuízos ao membro, podendo durar cerca de 10 minutos.

 A cãibra aparece em outras partes do corpo?

Há alguns casos que sim, mas é importante saber identificar quando é cãibra e quando é pinçamento no nervo ciático.

Este segundo caso surge devido ao ganho de peso, normal durante os nove meses. Com isso, pode haver um aumento da carga sobre a coluna e sobre o disco invertebral. O nervo acaba ficando comprimido, causando dores nas costas e nos glúteos.

Como resultado, a gestante acaba sentindo dificuldade para se locomover, podendo atingir a coxa, joelho e pés.

O que fazer nestes casos

Se a cãibra te acordar a noite, procure alongar a perna tentando alcançar o pé. Pode ser difícil, mas aos poucos você consegue. Em seguida, procure ficar de pé e massagear o músculo afetado. Tomar um banho quente ou colocar uma bolsa quente na região também alivia.

No caso do ciático, você pode usar a compressa morna ou quente na região lombar duas vezes ao dia por 20 minutos. Outra opção são os analgésicos, mas só se forem indicados pelo seu médico.

Tem mesmo como evitar cãibras na gravidez?

A resposta é sim. Na verdade esta atitude é a mais recomendada. Para se evitar as cãibras, a gestante deve se alongar antes de dormir, tomar um banho quente e investir em alimentos ricos em cálcio, magnésio e vitamina C.

Já no caso do ciático, é importante que a mamãe pratique atividade física, mas sob recomendação de um médico e sendo acompanhada por um professor. É importante não ganhar muito peso e sempre deixar a coluna ereta ao se sentar e movimentar.

Benefícios da fisioterapia

Engana-se quem pensa que a fisioterapia é um tratamento apenas para casos de acidentes. Se todas as gestantes bem soubessem, inclusive, iniciariam as consultas o quanto antes para evitar as cãibras na gravidez.

Isso porque este modalidade tem o poder de preparar o corpo da mulher para o parto normal e  aliviar as dores, como as cãibras e as ciáticas.

Além disso, a fisioterapia proporciona relaxamento, auxilia a grávida a corrigir a postura e a trabalhar a respiração.

Unindo todas essas recomendações a uma ótima alimentação, a gestante poderá garantir total conforto até o momento do parto. Por isso, o melhor é investir em alimentos ricos em cálcio, magnésio, grãos de lentilha, feijão e cereais integrais e também potássio.

guia e-book grátis gravidez saudável feliz

Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.