Cuidados com o bebê no berço! O que devemos evitar?

Imagina você chegar no quarto e encontrar o seu bebê assim?!

Este foi o caso de uma mamãe abalada que quis compartilhar esse momento com a gente para alertar e evitar que outras mães e papais levem o mesmo suto.

Eu sei que, ao pensarmos no berço, queremos que tudo fique bem confortável para o nosso bebê, além de lindo e cheio de enfeites. A verdade é que, até fica fofo, mas não muito seguro.

Existem alguns cuidados muito importantes que podemos ter com o bebê no berço.

Por isso, veja algumas dicas básicas para o dia a dia:

Ao usar mantas, cortinados ou mosquiteiros, verifique se não tem nenhuma parte frouxa ou ao alcance do seu bebê.

O cobertor, o lençol que encapa o colchão e a coberta também devem estar bem presos ao berço, para que ele não puxe.

Desta forma, mesmo se o bebê se mexer muito durante o sono, os tecidos não vão se soltar e chegar até o seu rosto.

Atenção: O risco de sufocamento é algo muito sério!

Até bichinhos de pelúcias, almofadas e demais objetos macios também oferecem esse perigo. Por isso, é melhor não deixá-los no berço enquanto o bebê dorme ou se você não está por perto.

E o travesseiro? Em geral, os bebês conseguem ficar com a postura adequada sem o travesseiro, por isso ele pode ser dispensado, pois também traz o risco de sufocamento.

sutiã de amamentação diamante negro

Se o seu filho tem refluxo, o ideal é levantar a cabeceira do berço que tem opção de regulagem do estrado, ou então colocar uma pequena manta dobrada embaixo do colchão para elevar um pouco a área da cabecinha.

Além disso, é sempre importante lembrar que a posição certa para o bebê nos primeiros seis meses de vida é barriga para cima.

Assim, ficamos mais tranquilas e felizes, e nossos bebês também!

Qual modelo de berço escolher?

Aqui é por experiência própria! Eu passei um aperto quando minha filha agarrou o bracinho entre as reguinhas do berço, por baixo do protetor de berço, isso acontece! Devemos ficar atentas sempre.

E para que servem essas reguinhas? São para você conseguir ver o bebê no berço e também ventilar. Foi então que eu pesquisei, na minha segunda filha, e optei em usar aqueles berços desmontáveis. Eu já tinha um de madeira, não queria comprar outro, mas quando pesquisei vi que existem berços lindos que no lugar das réguas, são telas.

Existem umas telinhas também para usar no lugar do protetor de berço que na época eu não conhecia:

O que vocês acham? Qual berço escolheram?

Espero que essas dicas ajudem as recém mamães se sentirem mais seguras e tranquilas, e os seus bebezinhos também!

manual completo amamentação eficaz grátis

Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.