LIGUE AGORA!
(22) 99750 2594
Carrinho0Item(s)

Seu carrinho está vazio :(

Product was successfully added to your shopping cart.

5 Cuidados Que A Grávida Deve Ter Com Os Pets

A gestante pode conviver com o pet, desde que redobre alguns cuidados.
Imagem: Diego Rezende/Pexels.com

Não se desespere! Você não precisa se desfazer do seu bichinho de estimação. Com alguns cuidados que a grávida deve ter com os pets, não há motivo para pânico.

Até porque, compartilhar o resultado do teste positivo é uma alegria para toda a família, inclusive para o seu pet.

Neste artigo, fique por dentro dos cuidados necessários e tenha uma gestação feliz e com conforto.

BENEFÍCIOS DA CONVIVÊNCIA ENTRE PETS E GRÁVIDAS

Desde já, saiba quais são os benefícios de estar com o seu pet por perto, mamãe. O primeiro, a prática de exercício, já que tanto ele, como você, precisam sair para caminhar. Esta é a hora!

Outro importante benefício é o emocional. Com tantas mudanças hormonais, é comum que o seu pet fique mais próximo a você. Além disso, o humor e as brincadeiras do animal farão um bem emocional à gestante.

1- REFORCE A VACINAÇÃO DO SEU PET

Antes de tudo, as vacinas do seu bichinho de estimação devem estar em dias. Durante a gestação, então, este cuidado deve ser redobrado. Isso porque, ela evitará doenças como raiva, coronavirus canino, gripe canina, giardíase, entre outras.

2- NÃO LIMPE A CAIXA DE AREIA DOS GATOS

Durante a sua gravidez, delegue esta obrigação para outra pessoa. O motivo: risco de contrair toxoplasmose, uma doença grave que, em contato com os bebês, pode causar cegueira ou aborto.

Além disso, recomenda-se não deixar as fezes expostas por muito tempo, pois, ao ressecar, elas podem espalhar partículas que podem ser inaladas.

3- LIMPEZA É FUNDAMENTAL

Não é só com a caixa de areia do gato que você precisa ter atenção com a limpeza. Durante os 9 meses, a gestante precisa redobrar o cuidado com a higienização do ambiente em que vive. Este cuidado, entretanto, não pode ser ignorado com a presença do pet em casa.

Deixar o ambiente arejado também faz parte da higienização. Todos os dias, abra todas as janelas e deixe o ar entrar.

Este é mais um dos cuidados que a grávida deve ter com os pets em casa.

4- "ESTOU PENSANDO EM ADOTAR UM"

Este não é o melhor momento para se adotar um gato ou cachorro. Como tudo é novo, novas regras, adequações... esta não seria a hora ideal.

O recomendado, por outro lado, seria após o bebê completar um ano. Sem contar, como citado anteriormente, é preciso ter total cuidado com a vacinação e limpeza. Pensando nisso, acha mesmo que não seria mais um trabalho? Fica a reflexão!

5 - CUIDADO COM AS BRINCADEIRAS

Animais não têm a mesma noção que nós quando o assunto é brincar. Um exemplo são as raças de cachorro que ficam grandes. Estes, podem facilmente derrubar o dono e para a grávida isto pode ser um perigo.

Sendo assim, pense em outros meios de diversão entre vocês que não tragam riscos para a mamãe.

OUTROS CUIDADOS QUE A GRÁVIDA DEVE TER COM OS PETS

Cuidados com os hamsters devem ser redobrados na gestação Hamsters - são mais nocivos para as grávidas contraírem doenças. O risco está no vírus Lymphocytic choriomeningitis que pode provocar doenças congênitas ao bebê pela urina do animal;

Exames - ao iniciar o pré-natal, a gestante deve informar imediatamente ao médico que possui um pet. Ele dará as recomendações necessárias e pedirá os exames de sangue;

Tosar - mantenha sempre o pele do seu pet baixo e limpo;

Passeios - evite levá-los para serras ou chácaras que tenha contato com outros animais, como também deixá-los em hospedagens.

Gostou do artigo? Tem um bichinho? Comenta com a gente como foi manter esta relação. Conheça também nossa linha de roupas para fazer um ensaio com o seu pet.

Deixe uma resposta