Falta de ar, nariz entupido? Pode ser Rinite Gestacional!

rinite alergia gravidez

A gravidez é um momento cheio de características bem próprias, e uma delas é a rinite gestacional! Você sabe o que é? Ela preocupa muitas mulheres por causa de sintomas como a falta de ar e do risco de pré-eclâmpsia.

A rinite gestacional é muito comum e atinge em 30% a 40% das mulheres grávidas.

calcinha gestante grávida

Como saber se é só uma alergia "comum"?

Primeiro é preciso saber que existem dois tipos: a rinite gestacional e a rinite alérgica são coisas diferentes!


Quer receber conteúdos como esse? Faça parte de nossa Lista VIP

* campos obrigatórios


 

Qual seu período de gestação?


A rinite gestacional é quando a mulher só começa a ter os sintomas de rinite na gestação. Ela acontece por causa do aumento de estrogênio e progesterona, principalmente no segundo a terceiro trimestre da gravidez, e tem como sintoma a obstrução nasal,

O que acontece?

calcinha gestante grávida

Obstrução nasal, coriza e às vezes espirros (que são mais frequentes na rinite alérgica normal do que na gestacional).

Já a rinite alérgica é caso da mulher que já tinha rinite antes da gravidez, e ela piora na gestação.

E agora, o que fazer?

No caso da rinite gestacional, não há muito o que fazer, porque ela vai ocorrer devido a esse aumento inevitável dos hormônios que ocorre na gravidez. Para quem tem rinite alérgica, os cuidados básicos são:

1- Evite poeira;

2- Evitar produtos com cheiro forte;

3- Passe pano na casa diariamente para evitar acumulo de pó.

Porém nos dois casos, o que ajuda muito a mulher a melhorar é fazer a higiene nasal com soro fisiológico 0 9% (aquele soro comum de nebulização). Essa lavagem é capaz de melhorar 50% do incômodo dos sintomas.

calcinha gestante grávida

Você pode optar também por soluções de soro chamadas de soluções hipertônicas de lavagem nasal, e elas diminuem de maneira mais simples a congestão nasal.

O que não fazer?

Não faça uso de descongestionante tópico nasal (aqueles medicamentos em gotinhas que pingamos no nariz). Eles podem prejudicar a circulação sanguínea para o bebê.

Atenção: é importante tomar cuidado com a ingestão de sódio, se você tem tendência a uma pré-eclâmpsia. Pois a ingestão a mais de sódio pode ter risco.

Não deixe de procurar um especialista e cuide-se nesse momento tão importante que é a gravidez e a formação do seu bebê!

guia e-book grátis gravidez saudável feliz

 

Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.