Grávida pode tingir o cabelo?

Giovanna tingia os cabelos desde os 15 anos. Os fios ruivos já eram sua marca registrada na empresa de eventos na qual trabalhava. Aliás... ruivos, longos e lisos, já que a progressiva também se tornara um hábito há alguns anos. Quando se descobriu grávida, embora não tivesse planejado, ficou feliz da vida e correu para contar à família.

 

Sua empolgação imediatamente caiu por terra quando ela anunciou à tia Cotinha a chegada do novo sobrinho. "Grávida não pode tingir e nem alisar o cabelo", afirmou categoricamente a senhora. E agora, Giovanna? Como abrir mão dos ruivos que já renderam tantos trabalhos em eventos de cabelo? Mas já que isso vai ser inevitável, será que vale um pretinho básico pelo menos para manter raiz e pontas no mesmo tom? E a progressiva, meu Deus? Como sair para trabalhar com as pontas lisas e a raiz enrolada?

Se você está gestante e se identificou com a Giovanna, não se desespere! Aliás, esse também não deve ser um motivo para as tentantes que costumam usar química nos cabelos desistirem do sonho de ser mães. Como diria a tia Cotinha, "no final, tudo se ajeita". E são só 9 meses, não é mesmo? Passa rapidinho... Mas também não é por isso que você precisa sentir-se feia nesse período. Dá para encontrar o equilíbrio.

É possível sim, manter cabelos belos e bem cuidados durante a gestação. Para isso, esclarecemos abaixo algumas dúvidas de procedimentos que você pode ou não fazer durante esse período.

 

Tintura

Química no couro cabeludo durante a gestação pode fazer mal ao seu bebê. Portanto, o ideal é conversar com o seu obstetra antes de fazer qualquer procedimento. Quanto à tintura, é bom evitar, especialmente durante o primeiro trimestre da gestação, que é quando o feto ainda está em formação.

Ok... sabemos que é difícil, especialmente para quem trabalha com a aparência ou em contato direto com o público. Dessa forma, o que pode ser feito é optar por produtos mais "leves". Há hoje no mercado opções de tinturas sem amônia ou tonalizantes. Ainda que os resultados durem menos, a prioridade nessa fase deve ser a saúde do seu bebê.

 

Alisamento

O uso de qualquer produto a base de formol deve estar fora de cogitação durante a gravidez. Hoje em dia, estamos acostumadas a ver nos salões opções de “progressiva sem química”. Entretanto, essa não é uma boa justificativa para submeter-se ao procedimento.

O ideal é que, antes de mais nada, você peça que o seu obstetra analise a composição do produto e só faça, de fato, se ele achar seguro. Mas não pense que você está inevitavelmente fadada às raízes cheias: a escova e a chapinha podem ser uma boa saída nesse período. Aliás, trata-se de um cuidado que se estende também à fase de amamentação.

gravida pode tingir cabelo

Shampoo anti-queda

Enquanto muitas mulheres ficam com cabelos lindos e volumosos durante a gestação, outras se queixam de queda acentuada. Mas será que gestantes podem fazer uso daqueles shampoos específicos para combater esse sintoma?

Se qualquer medicamento para o couro cabeludo deve ser usado somente com prescrição médica, por que seria diferente durante a gestação?

Entretanto, a queda de cabelo nesse período pode estar associada a fatores hormonais ou má alimentação. Convém, portanto, analisar a causa e trata-la diretamente.

Viu só como é possível manter seus fios lindos e bem cuidados durante a gestação? No mais, coma alimentos ricos em ferro e zinco e converse com o seu obstetra sempre que surgir alguma dúvida. Trata-se de uma fase que passa muito rápido: não deixe que nada a impeça de curti-la plenamente.

sutiã amamentação alça confort

E você? Usou tonalizante durante a gestação ou aproveitou o momento para fazer uma mudança de visual e voltar à cor natural? Deixe seu comentário abaixo e compartilhe conosco.

ebook o guia para uma gravidez saudavel e feliz

2 ideias sobre “Grávida pode tingir o cabelo?”

  • Continuei fazendo todos procedimentos no meu cabelo após 3º mês. E, está tudo bem com bebê. Muitas famosas grávidas continuam fazendo procedimentos no seu Cabelo, e nada ocorre. Creio que dependem muito de profissional pra profissional, produtos que vai ser utilizado no cabelo.

    Responder
    • Sim, concordo, o negócio é o risco que corremos, esse é o grande dilema. Cada um pode reagir de uma maneira ao ser exposto a um mesmo produto.
      Bjs, Mari

      Responder
Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.