LIGUE AGORA!
(22) 99750 2594
Carrinho0Item(s)

Seu carrinho está vazio :(

Product was successfully added to your shopping cart.

5 Dicas Para Mães Que Querem Empreender Em Casa

As mulheres que querem empreender em casa optaram por isso para ficar mais perto dos filhos
Imagem: Freepik

Ser empreendedora e mãe, sem abdicar de uma dessas coisas, é possível? É, sim! Com a chamada "Segunda revolução da mulher", o movimento de mães que querem empreender em casa tem cada vez mais aumentado.

Segundo dados do Anuário das Mulheres Empreendedoras e Trabalhadoras das Micro e Pequenas Empresas, elaborado pelo Sebrae em parceria com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), é cinco vezes maior a proporção de mulheres que montam negócios em casa, com relação aos homens.

Se no passado a mulher lutava pelo direito de sair de casa para trabalhar fora, hoje esta realidade inverteu. Deixar as empresas para empreender em casa foi a saída para muitas mães que queriam ficar mais próxima da família e, principalmente, dos filhos.

Para mães que querem ingressar neste mundo, mas não sabem por onde começar, preparamos algumas dicas.

1- COM O QUE VOCÊ MAIS SE IDENTIFICA?

Antes de pensar em abrir um negócio, a mãe deve analisar o ramo de negócio que mais se identifica. As ideias são diversas, vão desde pequenos negócios gastronômicos, artesanatos, vendas... Do contrário, o estresse será grande e possíveis serão as chances de você desistir.

Trabalhe com o que você ama e nunca mais precisará trabalhar na vida (Confúcio)

2- FAÇA UM BOM PLANEJAMENTO

Após escolher o ramo de negócio, as mães que querem empreender devem pensar em um bom planejamento. O fluxo de caixa e plano de marketing jamais devem ser ignorados. Assim como pensar nas metas de onde quer chegar.

3- ORGANIZAÇÃO É FUNDAMENTAL PARA MÃES QUE QUEREM EMPREENDER

Multitarefas não é apenas um título dado às mães que têm diversas atribuições diárias. Elas cuidam da casa, dos negócios, da família e ainda arrumam tempo para cuidar de si (infelizmente muitas se deixam em último plano). Por isso, ter organização é fundamental para lidar com o negócio e você pode fazer isto com planilhas, app's, agenda, etc.

4- ESTUDAR É PARA SEMPRE!

Engana-se quem acredita que estudos limitam-se a frequentar uma universidade ou curso. Quem é empreender sabe bem que é preciso estar sempre atualizado com o mercado e com as mudanças do próprio negócio. É preciso se atualizar com o noticiário de negócios e economia, como também com as últimas mudanças.

5- CUIDE DA SUA SAÚDE MENTAL E FÍSICA

Para quem acha que isto não é importante é bom rever os conceitos. Praticar exercícios é uma forma de cuidar da saúde, o que influenciará na forma como você irá lidar com os negócios. Ler e meditar também são formas de cuidar da saúde mental. Ambas dessas dicas são necessárias para as mães que querem empreender, nem que a façam 30 minutos ao dia.

Algumas dicas de negócios para mães que querem empreender

O Portal Sebrae também pode ser um ótimo aliado nesta empreitada. Lá, é possível encontrar conteúdos de apoio para quem quer abrir um negócio, mas está perdido.

Aproveitando algumas dessas dicas, listamos alguns tipos de negócios extraídos do Sebrae:

-Loja virtual de roupas infantis;
-Produção e venda de fraldas de pano (uma ótima dica quando hoje se prega muito sobre sustentabilidade);
-SPA para gestantes;
-Marmitas;
-Revenda de cosméticos;
-Artesanatos;
-Negócios online, como marketing digital;
-Pet sitter (cuidar dos animais de outros enquanto eles trabalham ou viajam);
-Cuidador de crianças;
-Confeitaria;
-Infoproduto: que tal ofertar seus conhecimentos com um curso online?;
-Depilação;
-Maquiadora...

Gostou do artigo e quer começar a empreender, mas ainda está com receio? Lembre: pessoas com medo não mudam! Se arrisque e siga seus sonhos.

Deixe uma resposta