Metodologias De Ensino: Conheça Algumas E Saiba Como Escolher!

Além das metologias de ensino, outros pontos devem ser observados

É hora de matricular a criança na escola ou creche?  Os pais devem ficar atentos a diversos fatores, incluindo as metodologias de ensino de cada instituição.

Atualmente existem diversas linhas pedagógicas que oferecem diferentes maneiras de educar. É importante ficar de olho em como o local escolhido atenderá às expectativas da família para o melhor desenvolvimento da criança. É necessário garantir a tranquilidade para a mãe voltar à rotina.

Embora sejam muitas as opções de metologias de ensino, é importante saber escolher. Confira quatro delas no texto de hoje.

Conhecendo as metodologias de ensino

TRADICIONAL
O professor é a figura central. Ele é responsável por transmitir as informações e conhecimentos para os alunos em diversas disciplinas. Além disso, possui um sistema de avaliação rígido, focado em memorização do conteúdo, disciplina e avaliações periódicas.

CONSTRUTIVISTA
No construtivismo, o aprendizado é resultado das experiências pessoais e interações de cada indivíduo com o meio social e com o mundo. Há um estímulo para que os alunos entendam a importância de um assunto ou conteúdo a partir de suas próprias descobertas. Assim, os professores trabalham como motivadores e facilitadores deste processo.

MONTESSORIANA
Este método promove a liberdade do aluno. É permitido que ele escolha o que deseja estudar e desenvolva um senso de responsabilidade sobre o que vai aprender. Há a manipulação de ferramentas pedagógicas que auxiliam na compreensão do conteúdo.

WALDORF
A pedagogia Waldorf trabalha o desenvolvimento intelectual, emocional, físico e social das crianças. Ela estimula atividades e brincadeiras com materiais simples. Há uma valorização da participação dos pais e os alunos não mudam de turma, sendo acompanhados por um mesmo professor em um ciclo de sete anos.

Escolhendo a instituição certa

Decidida a metologia, é hora de escolher a creche ou escola ideal para o seu filho. Para isso, além do tipo de pedagogia, considere estes fatores:

ORÇAMENTO: avalie se os custos após a matrícula do seu filho realmente cabem no seu bolso. É importante ponderar racionalmente qual é a opção com o melhor custo-benefício.

ESCOLAS PÚBLICAS: observe se a instituição possui bons resultados em avaliações do Ministério da Educação (MEC) e os índices de aprovações em testes como o Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Também é importante ouvir a experiência de pais de outros alunos que frequentam o local.

LOCALIZAÇÃO: Verifique se a escola fica em um local tranquilo e seguro e como é o trajeto da sua casa até lá. Lembre-se que você precisará fazê-lo todos os dias. Avalie se será necessário ir sempre de carro ou contratar uma van escolar para levar o seu pequeno.

HIGIENE E BEM ESTAR: Observe como a creche ou escola cuida da limpeza e da manutenção dos espaços, além do bem-estar dos alunos. Note quantos profissionais estão disponíveis por criança, quais são os horários e tipos de refeições servidas, além da estrutura e qualidade de todo o ambiente.

Outros fatores importantes além das metologias de ensino

Antes de decidir pela escolinha, busque indicações de outras pessoas que já matricularam os filhos na instituição que você gostou. Converse e avalie os pontos positivos e negativos. Também vale a pena marcar uma visita nas creches e escolas que mais interessarem, verificando a segurança, o espaço físico disponível e as atividades extracurriculares.

Leve seu filho com você e observe a interação dele com o ambiente e educadores.  Não deixe também de conhecer os professores e diretores, iniciando um bom canal de comunicação com eles. É fundamental estabelecer laços de confiança com esses profissionais.

Agora, você já conhece as principais metodologias de ensino e tudo o que deve considerar antes de matricular o seu filho. Entretanto, antes de ir embora, assine nossa newsletter e mantenha-se atualizada com outras dicas preciosas como essas, que chegarão diretamente no seu e-mail. Nos vemos no próximo artigo!

Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.