Doação De Leite Materno, O Que Você Precisa Saber

40% dos bebês internados em UTIs Neonatais precisam do leite mat

doação de leite materno

O leite materno deve ser o primeiro alimento dado aos bebês recém-nascidos até, no mínimo, seis meses de vida.  Isso porque é nele que são encontrados todos os nutrientes necessários para o desenvolvimento da criança, podendo também evitar uma série de doenças.

No entanto, nem todos os bebês podem ter este importante alimento e estão à mercê de doação de leite materno. Segundo o Ministério da Saúde, atualmente a Rede Global de Bancos de Leite Humano no Brasil abastece apenas 60% da demanda para recém-nascidos prematuros e de baixo peso que estão internados.

Fazendo uma conta bem fácil, isto quer dizer que 40% dos bebês que hoje estão nas UTIs Neonatatis do País precisam urgentemente de leite materno.

Para as mães que amamentam que querem doar, mas não sabem como proceder e até mesmo se podem fazer a doação de leite materno, leia a seguir o que você precisa saber e como prosseguir.

Esclarecendo alguns mitos na doação de leite materno

Antes de entrar neste assunto, queremos quebrar alguns mitos que dizem por aí sobre a doação de leite materno.

Primeiro que é MENTIRA o fato de que doar leite poderá interferir na amamentação do bebê. Pelo contrário, quanto mais a lactante estimular a retirada de leite, mas irá produzir, fazendo com que não falte leite para a criança.

Outro equívoco é com relação ao leite ser fraco. Isto não existe! O leite de uma mãe menos nutrida é forte igual ao da mãe nutrida. Além disso, o leite materno é muito mais rico que o leite de vaca.

Falando em leite da vaca, nenhum outro, independente da marca, possui os mesmos benefícios do leite materno. Tanto que o colostro que sai na primeira mamada, é considerado a primeira vacina do bebê.

Esclarecido, agora entenda como proceder para ser doadora.

Toda lactante pode doar leite materno?

Esta é uma pergunta muito importante. Geralmente, são indicadas as mulheres que produzem leite além das necessidades do bebê e as que sofrem de hiperlactação (tem até um post que produzimos recentemente explicando).

Mas isto não restringe apenas a estas mães. Toda mãe que esteja amamentando pode doar, desde que esteja saudável, que não use medicamentos que possam impedir a doação de leite materno e que possa estar disposta a ordenhar e a doar o leite a um banco de leite humano.

Para saber onde encontrar um banco de leite mais próximo de você, clique aqui e confira.

 Como coletar o leite materno

Parece simples, apenas ordenhar, armazenar e levar até um banco de leite, mas não é só isto. É preciso se atentar a uma série de cuidados para que este leite retirado não se perca durante a coleta e o recebimento.

Para isto, te convido a seguir o passo a passo, desde o processo de higienização, até o momento de guardar o leite materno extraído.

O que você vai precisar

  1. Potes de vidro com tampa de plástico que podem ser aqueles de maionese e café encontrados nos mercados;
  2. Touca para cabelo (ou um lenço);
  3.  Máscara hospitalar (na falta utilizar uma fralda na boca);
  4.  Par de luvas hospitalar (ou higienizar bem as mãos e o antebraço);

Frascos de armazenamento

Utilizando a touca e com as mãos higienizadas você pode separar os potes que comprou, ou os que aproveitou que já tinha em casa.

Neste último caso, é necessário tirar os rótulos, lavar bem e, em seguida, coloque em uma panela de vidro com água deixando ferver por 15 minutos (o tempo deve ser cronometrado a partir do início da fervura).

No caso dos vidros comprados você pode fazer o mesmo procedimento de lavagem e fervura.

Após este processo, coloque os recipientes de cabeça para baixo e deixe escorrer a água. Não seque com o pano, ok? Depois de seco, você poderá utilizar.

Preparando para ordenhar

O processo de retirada do leite materno deverá ser feito depois das mamadas ou quando as mamas estiverem muito cheias. Feito, você poderá proceder da seguinte forma:

  1. Escolher um lugar limpo e tranquilo que não tenha animais por perto;
  2. Estar de touca, máscara e luvas. Na falta destes, utilizar um lenço com cabelo amarrado na cabeça, evitar conversar ou utilizar uma fralda na boca e higienizar bem as mãos;
  3. Higienizar as mãos e os antebraços. Neste caso, a lavagem deve ser feita com água, sabão e em seguida secar com uma toalha limpa.

Retirando o leite

Massageia as mamas, a começar pela aréola fazendo círculos até abranger todo o seio. O leite deve ser retirado com a mão mesmo.

Ilustração site Fiocruz

Próximos passos:

  1. Com os dedos, coloque o polegar e o indicador na borda da aréola;
  2. Agora firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo;
  3. Comprima, de maneira suave, um dedo contra o outro, como se estivesse indo de encontro com o outro até começar a sair o leite materno;
  4. Tire as primeiras gotas e aproveite as demais coletando no frasco.

 

 

Depois do processo você deve armazenar o leite no frasco, mas sem encher até a tampa, é necessário deixar um espaço de dois dedos. Em seguida leve ao congelador ou ao freezer.

Em caso de repetição do procedimento, é necessário fazer o mesmo processo de esterilização dos potes. É importante saber que o leite só poderá ficar armazenado por até 15 dias.

Ilustração portal Ministério da Saúde
Com informações: 
Site Fiocruz (rblh.fiocruz.br)
Ministério da Saúde
conheça nosso site

4 ideias sobre “Doação De Leite Materno, O Que Você Precisa Saber”

  • Katianne Guimarães junho 7th, 2018 às 6:18am

    Gostaria de saber se vcs recomendam a ordenha por bombinha ou é melhor com as mãos

    Responder
    • Dica de Lingerie junho 8th, 2018 às 6:11am

      Olá, Katianne,

      Neste caso, segundo pesquisas do nosso artigo, eles recomendam que seja com a mão.

      Ainda, sim, em caso de dúvidas, sugiro procurar o banco de leite mais próximo.

      Espero ter ajudado!

      Abs

      Responder
  • Quem faz uso do medicamento Levoid pode ser doadora de leite materno?

    Responder
    • Dica de Lingerie agosto 26th, 2017 às 7:51pm

      Oi Pamela!

      Neste caso você tem que se informar com o pediatra ou com o banco de leite humano mais próximo de você. Tem um link no texto que te leva ao mapa de todos os bancos de leite do País.

      Responder
Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.