Quais São As Prioridades Da Gestação?

Confira, a seguir, o que é essencial na sua gestação

Uma das coisas mais maravilhosas na vida de uma mulher – se não a mais – é a sensação de tornar-se mãe. Sem dúvida, é um ato de completude e de felicidade sem igual. E, para que tudo saia perfeito nesse momento tão especial, existem cuidados com a gestação que são prioridades para a saúde da mãe e do filho.

Ademais, a atenção à gravidez está associada com a saúde e o bem-estar do binômio mãe-bebê e disso depende o bom desenvolvimento da criança. Quer saber um pouco maís? Confira abaixo, na íntegra, outras dicas que vão tornar esta fase ainda mais especial!

Prioridade 1 - Adote uma alimentação saudável

Na gestação e na amamentação deve-se priorizar uma dieta balanceada. Alimentos saudáveis resultam na produção adequada de leite e possibilitam o aleitamento materno exclusivo.  Aliás, essa é a recomendação da Organização Mundial de Saúde (OMS) para os 6 primeiros meses de vida.

Como as gengivas da mulher tendem a ficar mais sensíveis, nessa fase é preciso reduzir o açúcar e caprichar na higiene bucal. Controle também o consumo de sal e de gorduras, a fim de minimizar os riscos para pressão alta, pois ela se torna mais perigosa na gravidez.

Evite produtos industrializados, pois podem provocar alergias tanto na mãe, quanto no lactente. Legumes, frutas e verduras são ricos em vitaminas, minerais e ainda fortalecem a defesa imunológica durante a gestação.

Importante lembrar que alimentos ricos em ferro, como o feijão, carne e  lentilha previnem a anemia. As folhas verde-escuras são fontes naturais de ácido fólico, nutriente que ajuda a evitar a mal formação fetal, um dos principais cuidados com a gestação.

Além disso, a ingestão de água recupera a beleza da pele, dos cabelos e ainda limpa os rins. Nessa fase, seu corpo merece atenção ainda mais especial, não é mesmo? Veja algumas sugestões para eliminar aqueles quilinhos extras e sentir-se poderosa e autoconfiante na gestação ou após o parto!

Prioridade 2 - Procure cuidar de seu corpo

O repouso tranquilo acalma a mãe e o filho. Invista em lingeries adequadas. Há modelos para todas as fases da gravidez. E, deitar-se do lado esquerdo e com um travesseiro entre as pernas é a posição mais confortável para a mãe e o feto porque facilita a circulação.

Calcinha Gestante Alta em Microfibra Sutiã em Renda Calcinha Gestante Sustentação Image Map

 

Antes e após o parto, exponha as mamas ao sol para evitar rachaduras. Use sutiãs apropriados para aleitamento, daqueles que abrem e fecham facilmente para garantir seu conforto. Lembre-se de usar protetor solar.

As atividades físicas melhoram a circulação sanguínea e reduzem a sensação de mal-estar. Ou seja, são importantes porque diminuem sintomas como sono excessivo, cansaço e dores nas pernas na gravidez. No pós parto, ajudam a emagrecer com saúde e melhoram a autoestima, o que influencia positivamente no relacionamento conjugal.

Mas, a prática de exercícios na gestação e após o parto deve ser feita sob orientação profissional. Uma boa dica é usar cintas pós-parto para voltar o útero ao lugar e afinar a cintura mais rápido. Afinal, vale a pena um esforço extra para sentir-se bela e usar aquela lingerie sensual e provocante, não é?

Prioridade 3 - Acalme sua mente

Durante a gravidez, a alteração hormonal causa variação no humor ao longo do dia e deixa a mulher mais sensível emocionalmente. Logo, é fundamental contar com apoio e compreensão de amigos e parentes ou até mesmo optar por atividades alternativas como ioga, meditação e outras.

Uma questão que gera muita dúvida é quanto ao sexo na gravidez, pois muita gente teme machucar o bebê. Desde que não haja contraindicação e nem cause dor ou desconforto, as relações sexuais são permitidas.

Para possibilitar uma gestação tranquila, a mulher deve evitar ambientes e situações estressantes. Tais situações aumentam a ansiedade, produzem irritabilidade mental e podem trazer complicações como parto prematuro, principalmente.

E, se a gravidez for de gêmeos, ainda é preciso tomar mais cuidado, pois os riscos tornam-se ainda maiores para diabetes gestacional e hipertensão. Exige-se atenção dobrada durante o pré-natal: a mulher é submetida a maior número de exames e deve estar atenta a eventuais sangramentos.

Gostou do post? Então aproveite e confira também “é possível rebater os incômodos da gravidez?” para passar esse momento com saúde e tranquilidade!

conheça nosso site

 

Esse artigo te ajudou? Comente ou responda aqui.